Conferir a produção: uma tarefa árdua

3 comentários

Share on Google+0Share on LinkedIn0Tweet about this on TwitterShare on Facebook0

4A grande quantidade de planos de Jones Arthur elite jersey saúde pelos quais atendemos atualmente é um grande complicador na tarefa de fazer uma conferência na produção. São muitos atendimentos todos os dias, um após o outro, e cada um por um Plano de Saúde diferente. Cada consulta ou procedimento tem um valor diferente e torna-se quase impossível para nós, médicos, checarmos as Tabelas Gerenciais que as Clínicas ou Hospitais nos fornecem a fim de fazer uma auditoria e conferir se tudo que atendemos está de fato lá e com os valores devidos.

O bolso é a parte mais sensivel do corpo do ser humano, por isso enumeramos uma série de complicadores para a tarefa de conferência ser tão difícil:

  • O médico trabalha em vários locais diferentes;
  • A relação entre o profissional e a Instituição da prática médica varia bastante: pode ser relação de empregador, parceria em %, valor de hora fixa por plantão normal ou extra, cobrar uma taxa de aluguel de espaço físico, etc.
  • Grande http://www.cheapnfljerseys4.com número de procedimentos diferentes executados;
  • Falta de clareza de quanto é pago por cada procedimento de determinado cheap soccer jersey Plano;
  • Valores diferentes por cada Convênio ou Plano de Saúde;
  • Poder http://www.wholesalejerseys1.com receber repasses diários, semanais ou mensais;
  • Ter uma relação de parceria com a Instituição, onde uma porcentagem de cada atendimento fica retida de forma a pagar custos de operação, tais como espaço físico, agendamento, materiais para procedimentos, etc;
  • Receber pagamentos da Unimed diretamente em sua conta corrente, tendo que descontar a porcentagem retida da Instituição;
  • Levar pagamentos em dinheiro todos os dias;
  • Ter a questão do Imposto de Renda retido ou não em determinado tipo de recebimento;
  • Constante troca de valores de convênios;

De forma a tentar simplificar este controle, criamos o ttz. Cobrimos boa parte desta problemática em nossa operação. Por meio de nossa consultoria inicial, procuramos diagnosticar todos os fatos e preparar o ambiente de forma a dar total autonomia para o profissional médico trabalhar e ter previsibilidade de seus rendimentos.


« Ver todas as postagens


  • João Pires Souza

    Realmente, está cada vez mais difícil de controlar toda esta logística e operação. Trabalho com auditoria em um Hospital do Rio de Janeiro e é uma dor de cabeça todos os meses para fechamento dos olerites.

  • Joana T.

    Olá, sou médica e gostaria de saber se é possível controlar as horas de plantão. Faço plantões ocasionais para alguns Hospitais e existe uma dificuldade enorme de contabilizar as horas normais e extras que foram feitas. O maior problema é que eles atrasam os pagamentos e 2 meses após receber, não faço nem ideia de como controlar isso…

  • Jaison Niehues

    Joana, basta usar o ttz em modo Plantonista. Configure o valor do plantão ou da hora normal/extra. No dia-a-dia, basta clicar para Entrar e depois Sair do plantão. O ttz automaticamente calcula as horas trabalhadas e ficaria fácil de você fechar isso com seu financeiro.



?>


Feito por médicos, para médicos

Teste grátis por 15 dias

Não solicitamos informações de pagamento

Como funciona
ttz Funciona em smartphone, tablet e computador.